Incêndio de barco na Califórnia deixa oito mortos e 26 desaparecidos

Ao menos oito pessoas morreram, nesta segunda-feira (2), no incêndio de um barco de turismo diante da costa da Califórnia – informaram jornais locais.

Passadas mais de dez horas da ocorrência da tragédia, tornam-se cada vez mais remotas as chances de encontrar com vida os 26 passageiros que continuam desaparecidos. Eles dormiam no momento em que a embarcação pegou fogo.

Ao todo, 39 pessoas estavam no barco, mas apenas cinco delas, membros da tripulação, foram resgatadas por outro navio.

O barco “Concepción”, de 22 metros de comprimento, naufragou quando os bombeiros tentavam apagar o fogo e, agora, está a 20 metros de profundidade, na direção da costa da ilha de Santa Cruz, em frente a Santa Bárbara, seu porto de origem, diz o MSN.

Apenas uma parte da proa se mantém na superfície, segundo os agentes.

Os socorristas agora fazem buscas ao longo do litoral da ilha, na esperança de encontrar sobreviventes, informou em coletiva de imprensa em Oxnard, Califórnia, a capitã da Guarda Costeira, Monica Rochester.

Quando o incêndio começou, “a tripulação estava acordada e, do convés, pulou no mar”, declarou Rochester, que não disse se eles tentaram resgatar os passageiros.

Esses cinco membros da tripulação foram recolhidos por um barco de turismo, o “Grape Escape”, acrescentou Rochester.

Shirley Hansen, que estava no “Grape Escape” com seu marido, Bob, disse ao jornal “Los Angeles Times” que dormiam quando ouviram golpes no costado de sua embarcação.

Os membros da tripulação da “Concepción” – alguns com ferimentos nas pernas – estavam angustiados, contou Shirley. A namorada de um deles estava no barco. Outros dois remaram em busca de sobreviventes, mas não encontraram nenhum.

A ligação de emergência recebida pelo resgate veio do barco. Seu proprietário está colaborando com a Guarda Costeira.

A imprensa americana divulgou trechos do SOS lançado por rádio por um dos tripulantes. “Não posso mais respirar”, disse o marinheiro a seu interlocutor, que lhe perguntou se os passageiros podiam sair e se a embarcação tinha de extintores, mas suas respostas foram inaudíveis.

Em helicópteros e lanchas, as equipes de resgate passaram horas tentando, sem sucesso, combater o fogo, que teve início às 3h15 locais (7h15 de Brasília), mas não conseguiram entrar no “Concepción”, disse à CNN o chefe da Guarda Costeira, Aaron Bemis.

Sem acesso ao barco, devido às chamas, ao calor intenso e à densa fumaça, os socorristas não conseguiram fazer uma avaliação precisa, mas disseram esperar muitas vítimas.

Bemis afirmou que não tem “informação sobre nenhum sobrevivente nesta etapa”.

“Os cinco membros da tripulação conseguiram desembarcar, porque estavam na cabine principal”, acrescentou.

“Os 34 passageiros estavam debaixo do convés. O relatório que obtivemos foi que ficaram presos pelo fogo”, completou Bemis.

“O incêndio foi tão intenso que, mesmo depois de apagá-lo, não conseguimos abordá-lo e, já sabem, buscar sobreviventes”, relatou.

Por ora, não há nenhuma hipótese sobre a causa do incêndio a bordo.

Segundo o site do proprietário do navio, o “Concepción” deixou Santa Bárbara no sábado ao amanhecer para uma excursão de mergulho nas ilhas vizinhas, uma área extremamente turística.

Ele deveria retornar ao seu porto de origem na segunda-feira à tarde, um feriado nos Estados Unidos.

03/09/2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *